segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Atotô

Rei da Terra, de onde tudo renasce e prospera; onde as sementes germinam, crescem os campos e floresta; que zela pela vida humana, por nossa ancestralidade e afasta as mazelas;

Preciso da tua chama para seguir. Ouça meu clamor, ainda que eu seja quem sou e como sou; cubra-me com as tuas palhas, me estenda a tua mãe; me ensine o caminho e me mostre a direção!

Eu Construí uma casa de palha no interior da minha alma e, vez em quando, o rei costuma visitá-la!!!


Sua benção meu Pai!!! Atotô!!!

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Eu não quero fazer parte

Eu não quero fazer parte da sua vida, mas a responsabilidade é sua. Eu não quero conviver com seus problemas, com suas dores, com suas escolhas... eu quero fazer parte da sua vida sim, mas quero que tudo aconteça de acordo com as minhas vontades, meus desejos, meus anseios, mas não sou egoísta. Apenas não sou capaz de viver desta maneira, não sou capaz de abrir mão ou ceder por você. Seu posicionamento diante dos fatos e circunstancias, me incomodam, eu discordo. Os meus sim, estão corretos. Eu erro, mas quero que seja provado meu erro. O teu erro eu avalio, julgo e condeno, afinal de contas, não é possível que você esteja certo diante de tudo que te digo. Eu não. Eu sempre tenho argumentos, você que não está disposto a entender. Sendo assim, eu não quero fazer parte, mas a responsabilidade é sua.

Quem disse que não gosto do seu jeito?! Eu adoro, mas você tem sempre muita coisa para fazer e muita responsabilidade para dar conta. Você trabalha fora, você tem filhos adolescentes, você tem casa para arrumar, você tem animais para cuidar... que me sobra?!  Eu tenho minha vida e quero cuidar dela e eu tenho o direito de ir e vir na hora que dá para mim. Mas espero que você esteja sempre disposto para a hora que eu preciso. Não vejo dificuldade nisso. E, mais que isso, não compreendo o motivo pelo qual não te é possível estar acessível para mim. Você não compreende que eu não caibo mais na tua vida?! Você tem sempre muitas tarefas e, definitivamente, você não me compreende. Te peço tão pouco. Só desejo sua atenção quando eu quero e preciso e isso não é pedir muito. Sendo assim, eu não quero fazer parte, mas a responsabilidade é sua.

Quero que valha nossas vontades, com diálogo, mas para que funcione bem, tem que ser bom de argumento porque sou incessante nas perguntas. Preciso de análise e convencimento para avançar, caso contrário valerá a minha verdade. Não que minha verdade seja absoluta – longe de mim tal coisa –, mas se o argumento não me convencer, me valho do que tenho de princípios. Não há dificuldade ou problema para conviver comigo, mas meus limites precisam ser respeitados. Pra mim não é fácil aceitar aquilo que não me é confortável ou não me convence. Tenho a necessidade de aprofundar o assunto para depois mergulhar nele. Pode ser uma limitação minha, mas você precisa entender, afinal, sempre abro mão em prol do outro. Sendo assim, eu não quero fazer parte, mas a responsabilidade é sua.

terça-feira, 16 de maio de 2017

O silêncio é sábio

"Eu nem sempre posso falar aquilo que penso, mas o que não posso falar é exatamente aquilo que eu não devo dizer... Quem não tem razão no que me critica não merece resposta, quem tem está falando a verdade, e contra a verdade ninguém pode. Ouça em silêncio as verdades e as mentiras que tem sido ditas sobre você. Sou adepto da verdade, mas acho que a verdade não deve ser lançado na cara de ninguém...Jesus silenciou diante de Pilatos. Naquelas circunstâncias adiantava dizer alguma coisa? Nunca prevaleça da verdade para humilhar alguém, a verdade que esmaga está destituída de amor, o que é totalmente contrária a lei de Cristo...". Ah, Chico Xavier, quanto ensinamento...

terça-feira, 3 de maio de 2016

Apenas não me jogue fora

Novos voos serão alçados. Mais uma vez você vai para longe. A sensação de dor aumenta ainda mais e, principalmente, quando me faz pensar que não é essa distância que nos separa. Há entre nós um abismo bem maior e bem mais profundo. É. Eu ainda te amo. E te amo tanto que não tem espaço para mais nada. Por todo esse amor não tem como não te desejar muitas coisas boas que te completem e te façam feliz e isso inclui um novo amor.

É certo que saber que você tem um novo amor vai me doer muito. Mas muito maior será a minha dor se eu vir você sofrer. Meu grande amor, que Jesus abençoe seu novo caminhar; que você encontre a sua paz, alegria, equilíbrio, serenidade e um amor para te fazer companhia e te amar. E te amar muito, porque você também merece.


E, se não for pedir muito, me guarde. Me coloque em uma caixinha e a guarde. Pode ser bem lá no fundinho do seu coração. De vez em quando, tire a poeira da caixinha, abra com carinho, me tire de lá, me abrace apertadinho e me guarde novamente. Apenas não me jogue fora.

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Lampejos de saudade

Meu amor, me peguei pensando em você – para variar.

Hoje a saudade bateu as portas do meu coração e nem esperou eu abrir, saiu invadindo. E ela, muito ardilosa, buscou sensações únicas e tão particulares... fez pouso longo e, por mais que eu quisesse que ela se fosse, insistiu em ficar.

Penso que hoje era um dia para ser apreciado por uma janela, um clima frio, vendo o sol tentando aquecer o frio de dentro. Esses lampejos de saudade são bem danadinhos. Viajei, passei por lembranças, te abracei, te beijei, te senti... te amei... e fechei os olhos bem apertadinho para a sensação não acabar, mas precisei me levantar.

Foi bom demais te ver bem, e confesso que senti inveja. Ainda não me recuperei, mas estou em busca disso. Poder te ver e te fazer carinho foi muito legal. Encostar minha pele na tua é inexplicável. Essas sensações transcendem tudo que conheço.


Obrigado por habitar minhas lembranças e melhores sensações. Eu amo você.

segunda-feira, 18 de abril de 2016

O AMOR

Ah! O AMOR!

Tudo pode, tudo faz acontecer...

Que poder transformador tem o amor!

E ele existe.

O amor simplesmente existe.

E independe do meu ou do teu querer.

O amor não é hábito.

Ele habita!

#maisamorporamor

sábado, 23 de janeiro de 2016

E assim ela segue...


E assim ela segue a vida... Apesar dos tropeços, de ser quem ela é, com inúmeros defeitos, ela tenta se manter de pé...

Os hematomas tomam conta do corpo e da alma... Ainda dói, talvez sempre doa, quem sabe?! As feridas curam, mas as cicatrizes ficam, talvez, para não nos deixar esquecer o que tanto machucou e fez doer.


Apesar das cicatrizes e de continuar sendo tão atrapalhada, ela ainda tem uma das almas mais inteiras!