domingo, 3 de outubro de 2010

Sem compromisso

“Compromisso é aquele ponto de viragem na sua vida em que se apercebe de um momento e o converte numa oportunidade de alterar o seu destino”.

WAITLEY, Denis


*******


Hoje é assim que quero fazer e sentir: sem compromisso comigo ou com você. Quero apenas ser um ser descompromissado com aquilo que me prende na ideologia de vida e que me faz fugir, subverter o teu e o meu querer. Sem sentido, sem estrada, sem caminho, sem meio, sem modo, mas com vida. Não quero me prender ao meu ou ao teu querer. Só quero não ter compromisso e será que há algum mal nisso?! Hoje não quero nem semear a vida, simplesmente hoje eu não quero e não quero nada. Sem lamurio, sem responsabilidade, sem agouro, sem gesto, sem locução, sem nada...

Hoje não quero fazer concessão. Hoje quero ter apenas a mim, por o pé na estrada e sair por aí, buscar novas coisas nas antigas que quero muito preservar, porque afinal, a gente cresce e descobre novos caminhos, vai embora e tem a vontade de não se perder, mas é na sua essência que se encontra e para onde volta... quase me esqueci que é assim que funciona. Mas não vejo problemas com o erro e tampouco me importo em voltar atrás em alguma atitude ou decisão, até porque não tenho compromisso com o erro e/ou o acerto.