sábado, 4 de fevereiro de 2012

Contentamento


Compartilhar sentimentos
Tão sublimes quanto à doçura
Envolta no teu corpo
Transparente na alma
Cercada pelo teu carinho
Encontro de almas
Face a face te sinto
Você me inspira
E o desejo é viver a eternidade
Deixando ceifar o corpo
No descanso dos teus braços
E descubro o contentamento.