terça-feira, 3 de maio de 2016

Apenas não me jogue fora

Novos voos serão alçados. Mais uma vez você vai para longe. A sensação de dor aumenta ainda mais e, principalmente, quando me faz pensar que não é essa distância que nos separa. Há entre nós um abismo bem maior e bem mais profundo. É. Eu ainda te amo. E te amo tanto que não tem espaço para mais nada. Por todo esse amor não tem como não te desejar muitas coisas boas que te completem e te façam feliz e isso inclui um novo amor.

É certo que saber que você tem um novo amor vai me doer muito. Mas muito maior será a minha dor se eu vir você sofrer. Meu grande amor, que Jesus abençoe seu novo caminhar; que você encontre a sua paz, alegria, equilíbrio, serenidade e um amor para te fazer companhia e te amar. E te amar muito, porque você também merece.


E, se não for pedir muito, me guarde. Me coloque em uma caixinha e a guarde. Pode ser bem lá no fundinho do seu coração. De vez em quando, tire a poeira da caixinha, abra com carinho, me tire de lá, me abrace apertadinho e me guarde novamente. Apenas não me jogue fora.