terça-feira, 9 de setembro de 2014

De volta ao banco

Levantei-me do meu banco
O convidei para dança um tango
Passos marcados, arrojo
Envolvimento, encanto.

O amor me tirou para dançar
Toques apertados, entrega
Sentimento, festejar.

A vida me pregou uma peça
Tirou a música, partida
Solitária, dispersa.

A distância me tirou o amor
Falta de ar, tristeza
Mágoa, dor.

Volto ao banco cativo de expectadora
O observo partir para outra dança
Passos largos, devastação
Sem som, desesperança.