sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Encurtar caminhos

"É inútil procurar encurtar caminhos e querer começar já sabendo que a voz diz pouco, já começando por ser despessoal. Pois existe a trajetória, e a trajetória não é apenas um modo de ir. A trajetória somos nós mesmos. Em matéria de viver, nunca se pode chegar antes. A viacrucis não é um descaminho, é a passagem única, não se chega senão através dela e com ela.
A insistência é o nosso esforço, a desistência é o prêmio. A este só chega quando se experimentou o poder de construir, e, apesar do gosto de poder, prefere-se a desistência. A desistência tem que ser uma escolha. Desistir é a escolha mais sagrada de uma vida. Desistir é o verdadeiro instante humano. E só esta, é a glória própria de minha condição. A desistência é uma revelação".

Clarice Lispector

* * *
Uma amiga me ensinou que "escolha também é renúncia" e nem sempre é fácil renunciar um caminho escolhido. Às vezes, a desistência ou renúncia é o melhor caminho a seguir. Devemos aprender a abrir mão daquilo que nos faz mais mal que bem. É preciso soltar a panela!